photo-1526289375762-27075d038ebd

Manutenção periódica garante qualidade dos serviços

Contrato de serviços visa a qualidade dos serviços e permite melhores resultados

 

Os cuidados preventivos e a manutenção periódica formam a combinação perfeita para garantir a qualidade de qualquer produto. Não é diferente quando você busca excelentes resultados com a purificação de água. Manutenção é fundamental para manter a qualidade dos serviços.

O contrato de prestação de serviços da Acquamáxima visa justamente esse cuidado com os equipamentos. As condições valem para qualquer produto, independente de sua utilização.

Com profissionais capacitados, o contrato garante uma série de serviços que são necessários para o funcionamento ideal dos sistemas. A intenção é proporcionar, com a manutenção periódica, soluções adequadas e de forma rápida e eficiente.

Entre os serviços estão:

  • Montagens;
  • Instalações;
  • Startup;
  • Manutenções preventivas;
  • Manutenções corretivas;
  • Reposições (elementos e leitos filtrantes, resinas, lâmpadas e tubos para esterilizadores ultravioleta).

 

Vantagens e garantias

Todos os serviços são realizados dentro das visitas periódicas dos técnicos especializados. A escolha por eles oferece inúmera vantagens, a começar pela segurança, já que as manutenções preventivas evitam problemas futuros.

O perfeito estado de funcionamento dos equipamentos e a redução de custos em relação aos chamados técnicos ocasionais, reposições de peças e análises laboratoriais também ficam garantidos.

A manutenção periódica ainda tem o objetivo de garantir o abastecimento ininterrupto da água nas unidades do cliente, convertendo em lucratividade operacional.

 

Conheça o contrato de prestação de serviços

 

O sistema de cálculo dos valores para o contrato de manutenção baseia-se em diferentes fatores que irão garantir a qualidade dos serviços. Os critérios para o cálculo são:

  • Modelo do equipamento instalado;
  • Verificações das condições operacionais dos sistemas;
  • Periodicidade de troca dos elementos filtrantes, resinas, membranas, limpeza química/sanitização, troca de meios filtrantes diversos;
  • Análises laboratoriais exigidas em normas e legislações;
  • Necessidade de visitas técnicas para regulagens.

 

Os custos e reajustes anuais de contratos são transparentes, oferecendo segurança e seriedade para o cliente. Contate-nos para entender melhor o contrato.

abrandador alimentos

Dureza da água atrapalha atividades do dia a dia

Lavar louça, roupa e até tomar banho podem ser prejudicados dependendo da dureza da água

 

Já ouviu falar em dureza da água? Apesar de não ter nenhuma relação com a aparência da água, ela pode ser dura ou mole, dependendo de sua composição.

Basicamente, a dureza da água é composta de duas partes: temporária e permanente. A dureza temporária é gerada pela presença de substâncias na forma de carbonatos e bicarbonatos. A dureza permanente é devida à presença de cloretos, nitratos e sulfatos. A soma dessas partes resulta na dureza geral ou total.

As substâncias da dureza temporária podem ser eliminadas por meio da fervura da água, o que não acontece na dureza permanente. Para esses casos, são necessárias procedimentos químicos e de abrandamento.

Os sistemas de abrandamento de água, por exemplo, são utilizados para remoção de íons positivos (cálcio e magnésio) presentes. Os sistemas Acquamáxima são totalmente automáticos e com tanques em polietileno com fibra de vidro não passíveis a corrosão.

 

Características

As águas provenientes de zonas calcárias são mais duras do que as águas provenientes de zonas graníticas. Brasileiros de várias regiões enfrentam esse problema diariamente.

Alguns dos sais minerais presentes na água, como o cálcio (Ca) e magnésio (Mg), compõem o teor de dureza da água.

 

Problemas

No Brasil, o Ministério da Saúde considera um alto valor de dureza: 500 mg/L de CaCO3. Valores acima de 50 mg/L já causam inconvenientes. Alguns dos problemas que podem ocorrer com a água dura são:

 

  • Manchas em roupas;
  • Utensílios danificados e manchados;
  • Ressecamento da pele e cabelos;
  • Endurecimento de vegetais no cozimento;
  • Entupimento de canos, chuveiros, torneiras e conexões hidráulicas – principalmente por onde passa água quente;
  • Na indústria, pode haver o risco de acidentes como a explosão de caldeiras
  • Corrosão acelerada de componentes elétricos.

 

Para saber se a água é dura, é importante ficar de olho nesses pontos, se as roupas estão machadas ou a panela escureceu, por exemplo. Outra dica, bastante antiga, é fazer o teste da espuma. Se o sabão ou pasta de dentes fizer muita espuma na água é porque é água mole; caso contrário, ela é dura.

Estudos mostram que 10 mg/L de CaCO3 provoca o desperdício de 190 gramas de sabão puro, por cada metro cúbico de água. Essas situações levaram ao desenvolvimento dos detergentes sintéticos.

 

 

Abrandamento é o melhor tratamento contra dureza da água

 

Para evitar problemas com a água na torneira, é possível começar o tratamento antes dela chegar à tubulação, já nos pontos de entrada dos abastecimentos.

O investimento se recupera rapidamente, já que os prejuízos com roupas utensílios de cozinha, tubulações, incrustações e elementos elétricos acabarão.

 

Aonde são usadas?

As principais utilizações dos abrandadores são em água de poço, caldeiras de baixa e alta pressão, torres de resfriamento, aquecedores, lavanderias e pré-tratamento de osmose reversa.

A Acquamáxima possui abrandadores automáticos elétricos e não elétricos. Conheça mais sobre todas as opções.

ABRANDADOR 100M3H FLORA (LUZIÂNIA-GO) (47)

Abrandamento é o processo mais utilizado contra a dureza da água

São dois tipos de abrandamento que dão mais qualidade à água

 

O abrandamento é o processo mais utilizado para acabar com a dureza da água. Ele consiste na retirada do cálcio (Ca2+) e do magnésio (Mg2+) da água dura.

Quimicamente, a água pode ser dura ou mole e o que determina essas classificações é a quantidade de sais depositados nela. Podem existir vários tipos de sais na águas, mas os que mais impactam para ela ser dura são o cálcio e o magnésio.

A utilização da água dura pode causar depósitos de calcite em caldeiras e tubulações, por exemplo. Para evitar esse tipo de problemas, dois tipos de abrandamento podem ser utilizados: precipitação química e troca iônica.

Antes disso, é importante conhecer o funcionamento dos abrandadores. O equipamento é um vaso de pressão normalmente produzido em aço carbono ou fibra de vidro, com resinas catiônicas em seu interior, elas são as responsáveis pela remoção da dureza. Os abrandadores possuem vazões diferenciadas e podem ser automáticos ou não, elétricos ou não.

Definido o tipo de equipamento utilizado, é a hora de decidir qual o método de abrandamento para tirar a dureza da água.

 
  • Precipitação química

O processo de abrandamento por precipitação química ocorre com a adição de cal (CaO) e carbonato de sódio (Na2CO3), que, ao reagirem com a água dura, precipitam o cálcio e o magnésio. Ele funciona para tratar água com altíssima dureza e ainda tem a capacidade de remoção de outros tipos de contaminantes, incluindo metais pesados.

 

  • Troca iônica

Faz com que a água atravesse um leito de resina catiônica que irá trocar os íons de cálcio e magnésio presentes na água por íons de sódio. Essa resina é, geralmente, uma pequena esfera de polímero poroso com uma estrutura molecular carregada negativamente. Ela carrega um íon positivo que pode ser trocado pelo íon de sódio. Quando os íons de cálcio e magnésio passam pelos poros da resina, são atraídos pela estrutura negativa que ela leva. Assim, o sódio é liberado na água e, por ser solúvel, acaba com as incrustações causadas pelos outros dois sais.

 

Medindo a dureza da água

Alguns mecanismos permitem a medição da dureza da água. Ela vai definir o tipo de abrandamento e dos abrandadores que serão utilizados.

Geralmente, a medição é feita com base na quantidade de partes por milhão (ppm) de carbonato de cálcio. Quanto maior a quantidade de ppm, mais dura a água.

Depois de saber essa classificação, a escolha do abrandamento ainda vai depender da finalidade escolhida para a água. A Acquamáxima pode te ajuda. Entre em contato.